Pesquisar este site

Prefeitura Municipal de Abadia de Goiás

21 de fev de 2017

“Vamos transformar Goiás em canteiro de obras”, afirma José Eliton em Águas Lindas de Goiás

(Foto: Jota Eurípedes)
“Vamos transformar o estado em um verdadeiro canteiro de obras”, disse o vice-governador José Eliton nesta terça-feira (21) durante encontro com o prefeito de Águas Lindas de Goiás, Hildo do Candango, dirigentes de cidades vizinhas, vereadores e lideranças da região do Entorno Sul de Brasília. Ele ouviu os anseios dos gestores e, em seguida, visitou duas grandes obras em andamento no município: a do Hospital Regional, o Hugo 9, que está com 60% de suas instalações construídas; e a unidade prisional, que tem 65% de sua estrutura pronta.



Na audiência coletiva aos prefeitos da região, o vice-governador José Eliton esteve acompanhado do secretário de Governo, Tairone Di Martino, e da deputada estadual Eliane Pinheiro. Entre outros prefeitos e representantes dos municípios, a reunião contou com a participação do prefeito Pábio Correia, de Valparaíso, e o prefeito Alair Gonçalves Ribeiro, de Cocalzinho. Antes de ouvir as principais demandas dos prefeitos, José Eliton destacou que os esforços feitos pelo governo em promover o ajuste fiscal e ainda em concluir o processo de privatização da Celg vieram garantir as condições favoráveis à entrada do estado em um novo ciclo virtuoso de desenvolvimento. “Estamos certos de que valeu a pena todo aquele esforço e, mesmo diante das críticas, termos seguido adiante e preparado o estado para esse novo salto de desenvolvimento”, diz.

Segundo José Eliton, esses dois anos serão muito importantes e positivos para os municípios que terão que se preparar para a fase de colheita. “O estado já está definindo as obras estruturais e o governador deverá assinar as ordens de serviço nos próximos dias, mas temos uma preocupação muito grande com os municípios, porque é aqui que as pessoas vivem, que criam suas famílias e suas expectativas, que querem avançar”, salienta.

O vice-governador fez um apelo aos municípios para que preparem seus projetos, incluindo os da área habitacional, e suas equipes técnicas para formalizarem em breve os convênios junto ao governo por meio da Secretaria de Governo (Segov). Segundo afirma, dentro de mais 15 a 20 dias o governo estará autorizará os convênios entre os municípios e o estado para a aplicação de R$ 400 milhões em obras consideradas prioritárias pelas prefeituras e sociedade organizada.

Durante a reunião, o vice-governador destacou ainda o caráter municipalista do governo Marconi Perillo e garantiu que o Estado caminhará lado a lado dos municípios no salto qualitativo de desenvolvimento.

Para o prefeito Hildo do Candango, o encontro foi extremamente produtivo, uma vez que permitiu ao vice-governador ouvir as necessidades dos municípios. “Tenho a certeza de que o efeito disso será bastante produtivo”, disse ele, ressaltando que Águas Lindas se sente honrada em funcionar como interlocutora no diálogo entre o estado e os demais municípios que lá estiveram.

O secretário de Governo Tairone Di Martino destacou o trabalho do vice-governador José Eliton que, segundo ele, tem contribuído de forma positiva para o estado, atuando não apenas como coadjuvante, mas à frente dos grandes projetos do governo. Para a deputada estadual Eliane Pinheiro, a presença do vice-governador José Eliton nos municípios é extremamente importante para ver in loco as necessidades dos prefeitos e da população. Quanto às questões que mais a preocupam, a deputada citou a necessidade de término das escolas do Padrão Século XXI na região, do hospital regional e do IML.

Ao final do encontro com os prefeitos, o vice-governador José Eliton, acompanhado das autoridades locais e visitantes, esteve no canteiro de obras do Hospital Regional, o Hugo 9. A unidade é a maior de toda a região do Entorno Sul do Distrito Federal e contará com pronto-socorro e 30 leitos de UTI, centro cirúrgico e atendimento de obstetrícia, entre outros serviços, dispondo de um total de 137 leitos, podendo atender as demandas dos municípios vizinhos.

De lá, o vice-governador seguiu para a Unidade Prisional, que está sendo construída a 10 quilômetros da sede do município e que tem capacidade para 300 detentos. São dois pavilhões com 150 vagas, e em estrutura que garante alta segurança. De acordo com José Eliton, está é uma obra importante e que contribui para fortalecer o sistema prisional na região. Outros três presídios estão em construção no estado, sendo um em Anápolis, um em Formosa e outro em Novo Gama. No total, as quatro novas unidades somam investimentos da ordem de R$ 55 milhões e vão contribuir com 1.200 novas vagas.

Além do encontro com os prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e demais lideranças, o vice-governador José Eliton recebeu em audiência a juíza da 1ª Vara Criminal da comarca de Águas Lindas de Goiás, Cláudia Silvia de Andrade Freitas, e a promotora de Justiça da 6ª Promotoria de Águas Lindas, Denise Nóbrega, que trataram de questões relativas à conclusão da unidade prisional local.

Fonte: diariodegoias

Marconi finaliza audiências com prefeitos reafirmando investimento de R$ 500 milhões em parcerias

(Foto: Humberto Silva)
O governador Marconi Perillo finalizará, na noite desta terça-feira (21), o atendimento aos prefeitos goianos eleitos e reeleitos em outubro de 2016. Somente hoje, se reunirá com 36. Marconi abriu as portas do Palácio Pedro Ludovico Teixeira aos 246 prefeitos goianos. Logo após as eleições, passou a recebê-los em reuniões coletivas e, a partir do dia 7 de novembro, deu início às audiências individuais. Hoje, ele encerrará o atendimento contabilizando 244 prefeitos, já que dois não puderam comparecer em função do impedimento de suas próprias agendas. Entretanto, o governador ressaltou que abrirá a agenda para recebê-los posteriormente.

Durante todas as audiências individuais, ele recebeu demandas relacionadas a diferentes setores administrativos, mas, principalmente, relativas à área de infraestrutura. Recapeamento e asfaltamento urbano lideraram os pedidos dos gestores, que também solicitaram recorrentemente moradias populares, colégios militares e ajuda para manutenção de hospitais municipais.

Em observação à sugestão do governador, os prefeitos vieram acompanhados de auxiliares administrativos e de deputados estaduais e federais, com o objetivo de respaldar e fortalecer suas demandas. Ainda nas audiências, Marconi já encaminhava os pedidos aos secretários estaduais e calculava os investimentos que precisarão ser feitos para atendê-los. Na semana passada, ele anunciou que o governo estadual vai investir R$ 500 milhões em convênios e parcerias com as prefeituras; sendo R$ 250 milhões neste ano, e R$ 250 milhões em 2018.

O anúncio foi recebido com entusiasmo pelos gestores, que hoje aproveitaram para agradecer ao governador pela ajuda tão importante. Eles também ressaltaram que, sem o apoio do governo estadual seria impossível realizar uma boa gestão, pois as prefeituras não têm recursos em caixa para obras. “Os recursos que temos mal dão para pagar a folha de servidores”, ressaltou o prefeito de Mairipotaba, Carlos Henrique Pereira (PP). Ele agradeceu por ter sido recebido por Marconi e disse que seria impossível desenvolver sua gestão sem o auxílio do governo estadual. Carlos pediu ajuda para reforma do hospital municipal e pavimentação asfáltica de 40 mil metros quadrados, além de 50 unidades habitacionais.

Prefeito de Ivolândia, Fábio Seabra (PPS) classificou a recepção a todos os gestores, independentemente de partido político ou diferenças regionais, como um gesto de cidadania e municipalismo do governador Marconi. “Fiquei muito sensibilizado com esse gesto. Todos os prefeitos que eu encontro têm observado isso e falado que saíram otimistas. Eu também saio otimista de que vamos realizar nosso sonho de construir a rodovia que ligará Ivolândia a Montividiu”, disse. Ele pediu ainda apoio para recapeamento urbano e construção de casas.

O prefeito de Mimoso de Goiás, Genivaldo Gonçalves (PR), afirmou que a ajuda do governo estadual chega no momento certo. “Marconi sempre foi parceiro dos municípios, que só têm a agradecê-lo por toda a ajuda recebida até hoje”, pontuou. Ele pediu parceria para recapeamento asfáltico. “Marconi é o único governador que está atendendo todos os prefeitos do seu Estado”, reconheceu o prefeito de Avelinópolis, Fábio Alves (PR), que completou: “Com a ajuda dele vai ser possível fazermos uma bela administração”. O prefeito pediu ajuda para reforma do hospital municipal e para construção de 50 casas.

Prefeito de Panamá, José Willian (PR) parabenizou Marconi pela atenção dada a todos os prefeitos de Goiás, e solicitou ajuda para aquisição de um microônibus e recapeamento urbano. Prefeita de Aparecida do Rio Doce, Francisca Abadia (PSB) disse que estava muito grata pela ajuda do governo estadual, e apresentou suas demandas: recapeamento asfáltico e moradias populares. O prefeito de Buriti de Goiás, Edmar Borges (PMDB) afirmou que teria muita dificuldade de administrar sem o apoio do governo estadual. “Já fui prefeito outras duas vezes, e Marconi sempre nos contemplou atendendo nossas demandas”, disse o prefeito, que solicitou recapeamento asfáltico.

Fonte: diario de goias

Opinião-Direito ao esquecimento



Imagine um cidadão octogenário, hoje homem correto e probo, mas com um passado vergonhoso, o qual quer mantê-lo esquecido e apagado. Esta pessoa tem o direito de manter apagado este passado e impedir que a mídia, tais como, páginas na internet, jornais, revistas, sites de busca ou qualquer outro meio, divulguem o seu “negro passado”?

A resposta é encontrada no “direito ao esquecimento”, alcunha que o mundo jurídico dá ao direito de impedir a divulgação de atos pretéritos. O Supremo Tribunal Federal vai definir em breve o alcance deste direito, quando do julgamento do caso “Irmãos Curi versus Rede Globo”. 

A emissora carioca, nos anos 90, em seu Programa “Linha Direta” produziu e divulgou um episódio sobre o “Caso Aída Curi”, jovem que, nos anos 50, foi tragicamente estuprada, assassinada e jogada do alto de um prédio em Copacabana, no Rio de Janeiro, crime este nunca solucionado. 

Os irmãos de Aida Curi, indignados com o reavivar deste terrível acontecimento ajuizaram ação com pedido de indenização em face da emissora de TV, que teria explorado comercialmente a tragédia, sem que isto tivesse fins informativos.

Além deste caso, o Brasil já teve o famoso caso Xuxa versus Google, em que a “rainha dos baixinhos” pretendia tirar de circulação fotos e vídeos de seu passado como modelo. Neste caso o Superior Tribunal de Justiça entendeu que “não se pode, sob pretexto de dificultar a propagação de conteúdo ilícito ou ofensivo na ‘web’, reprimir o direito da coletividade à informação”.

No caso Irmãos Curi versus Rede Globo o Ministério Público Federal defendeu que o direito ao esquecimento, ainda não regulamentado no Brasil, não pode “limitar o direito fundamental à liberdade de expressão por censura ou exigência de autorização prévia”. Diz ainda que não é cabível indenização pela simples lembrança de fatos pretéritos.

Enfim, agora a Suprema Corte brasileira está instada a julgar definitivamente o “direito ao esquecimento”. Por certo fará ponderações deste com o direito à informação e à inviolabilidade da intimidade, vida privada, honra e imagem. Mas, ao fim e ao cabo, espera-se que as informações tanto da família Curi, Xuxa ou qualquer outra pessoa, por mais doídas e terríveis que sejam, fiquem todas à disposição da sociedade para a análise e julgamento da história. O “direito à lembrança” deve prevalecer ao “direito ao esquecimento”, pois é necessário lembrar para não repetir.

Marcos César Gonçalves de Oliveira, Advogado e Conselheiro Seccional da OAB/GO, presidente do IGDC – Instituto Goiano de Direito Constitucional e professor de Direito Administrativo e Constitucional da PUC/GO.

Fonte: diariodegoias

Brasil-Câmara aprova projeto em defesa de adolescentes, mas retira gays do texto

Por pressão de parlamentares ligados às bancada religiosas, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (21) projeto que reforça e amplia direitos de crianças e adolescentes, mas excluiu do texto a vedação explícita à discriminação em decorrência da orientação sexual.

O projeto original estabelecia proteção a crianças e adolescentes "contra qualquer tipo de discriminação, independentemente de classe, sexo, raça, etnia, orientação sexual, renda, cultura, nível educacional, idade, religião, nacionalidade, procedência regional, regularidade migratória, deficiência ou qualquer outra condição sua, de seus pais ou de representantes legais."

Após pressão da bancada religiosa, foi riscado do texto a expressão "orientação sexual".

A relatora do projeto, Laura Carneiro (PMDB-RJ), afirmou que retirou a expressão a pedido do PRB, partido ligado à Igreja Universal do Reino de Deus, e do deputado Flavinho (PSB-SP), que integra a Frente Parlamentar Evangélica.

"Não apresentaram argumento. A gente sabe, é uma questão religiosa. Precisávamos construir maioria para aprovar o projeto, que é muito importante para crianças e adolescentes. E de jeito nenhum a discriminação por orientação sexual é autorizada. Permaneceu no texto a proteção à criança e adolescente, independentemente de qualquer condição sua. Ás vezes é muito difícil construir maioria", disse Laura Carneiro.

O líder do PRB, Cleber Verde (MA), que é católico, confirmou o pedido para a retirada da expressão.

"O partido tem um contingente muito grande de deputados ligados à bancada evangélica, e chegamos à conclusão de que havia um termo no projeto original que levava a uma dúbia interpretação da questão de gênero", afirmou.

Questionado, o deputado disse que, em sua visão, não houve a intenção de discriminar, no projeto, adolescentes gays. "Não é essa nossa intenção, a intenção é proteger e preservar a família, a identidade de sexo, havia dúvida sobre isso no projeto."

A reportagem tentou falar com o deputado Flavinho, mas não conseguiu até a publicação deste texto.
Estupro no Rio

O projeto foi aprovado pelo plenário da Câmara, sem registro nominal dos votos, e segue agora para análise do Senado.

Ele cria uma sistemática com garantias a crianças e adolescentes vítimas ou testemunha de violência, reforçando regras já presentes na legislação e trazendo algumas novidades.

Uma delas é evitar o ocorrido na apuração do caso da adolescente estuprada em maio de 2016 no complexo de favelas São José Operário, zona oeste do Rio, após ir a um baile funk.

Em gravação feita pelos criminosos, um grupo de homens, em meio a risadas, toca nas partes íntimas da garota e diz que ela foi violentada por "mais de 30".

A menina prestou vários depoimentos à polícia em situações que levaram à defesa da vítima a pedir o afastamento do delegado responsável pela investigação sob o argumento de que ele agia com "machismo e misoginia". "O atendimento prestado à vítima da violência, à época, se notabilizou pelo desrespeito aos direitos e garantias da adolescente", escreveu Laura Carneiro em seu relatório.

O caso foi transferido depois para a Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima.

O projeto aprovado pela Câmara disciplina a "escuta especializada" e o "depoimento especial" de crianças e adolescentes vítimas ou testemunhas de violência. Entre outras coisas, o projeto estabelece que o depoimento da criança ou do adolescente será realizado em "local apropriado e acolhedor, com infraestrutura e espaços físicos que garantam a privacidade."

A determinação é a de que o depoimento só seja realizado uma vez, salvo quando "justificada a sua imprescindibilidade pela autoridade competente".

Fonte: Folha press

Desarticulada quadrilha especializada em roubo a bancos

Foto: PM
Na tarde desta segunda-feira (20), a Polícia Militar desarticulou uma quadrilha especializada em roubos a bancos e agências dos correios em uma oficina mecânica na região de Campinas, em Goiânia.

Segundo informações dos policiais, após uma denúncia, os agentes se deslocaram até o local indicado onde encontraram dois indivíduos com uma Metralhadora cal 9mm, uma espingarda Cal 12, um revólver cal 38, uma garrucha cal 36, 4 coletes balísticos, além de três veículos roubados sendo duas FIAT/STRADA, a ONS 2981 e a PJS 7081, e a VW SAVEIRO OMT 7443, e ainda diversos equipamentos para arrombamento dos cofres.

Foram presos o foragido da justiça Vitor Costa, de 25 anos, que portava um documento falso em nome Pedro Estevão Paiva, e Márcio Martins Goulart, de 33 anos, que são membros atuantes da quadrilha.

A dupla apontou a participação de mais três indivíduos, todos já bastante conhecidos da Polícia Militar, sendo que Silomar Geremias de Lima, vulgo Rosinha, foi preso em Abadia de Goiás, por equipes do GRAER, e as Equipes continuam as diligências para prender Johnatan de Souza Silva e João Bosco Silva Castro Filho.

Diante da situação todos os indivíduos, armamentos e veículos forma conduzidos à Central de Flagrantes onde foram apresentados a autoridade policial.

Fonte: diario de goias

Saiba como receber o kit para ter o sinal de TV Digital em Goiás



A Seja Digital, entidade responsável por operar a digitalização dos canais de televisão, começou na terça-feira (14) a distribuir kits para famílias receberem o sinal de TV Digital em . A distribuição de 266 mil aparelhos já acontece também em outras 28 cidades que terão o sinal analógico desligado no próximo dia 31 de maio (confiralista abaixo). O kit é composto por uma antena, um conversor do sinal de TV e um controle remoto para ser utilizado em televisões mais antigas ou que não tenham receptor de sinal digital integrado. Tem direito aos aparelhos a população cadastrada em programas sociais do Governo Federal. Para solicitar o equipamento é necessário acessar o e informar o CPF ou Número de Identificação Social. Para saber se tem ou não direito ao kit é necessário acessar ou ligar no telefone 147. Se estiver na lista o beneficiário pode escolher um dos 38 locais e informar o dia e horário que deseja retirar o kit. Após o cadastro, a Seja Digital pode entrar em contato com usuário para dar informações necessárias sobre como preparar a residência para a instalação do kit. De acordo com a diretora de comunicação da Seja Digital, Patrícia Abreu, mais de 100 mil kits serão distribuídos na Região Metropolitana de Goiânia. “Todas as pessoas cadastradas como beneficiários pelo Ministério do Desenvolvimento Social têm direito ao kit. Já distribuímos 22 mil kits, o que representa quase 10% do total. A partir de agora, com ajuda de campanhas e da divulgação na mídia, queremos intensificar esta distribuição para chegar com 100% distribuído até maio”, disse ao G1. A Seja Digital apresentou, nesta quarta-feira (15), as ações previstas para o desligamento do sinal analógico de TV na capital e em outras 28 cidades. O evento aconteceu nesta manhã no salão de eventos do Grupo Jaime Câmara e contou com a presença de representantes de várias emissoras envolvidas no processo. Durante a reunião, o gerente de Engenharia e Tecnologia da TV Anhanguera, Carlos Cauvilla, explicou como foi o processo de desligamento do sinal analógico em Rio Verde, a primeira cidade do país a ter somente o sinal de TV digital, e fez um balanço das ações realizadas pela emissora no processo de transição na Região Metropolitana de Goiânia e interior. “É imensurável o tanto que a qualidade de som e imagem de TV são superiores no sinal digital, que já é uma realidade no estado de Goiás”, destacou. O desligamento do sinal analógico está previsto para acontecer no próximo dia 31 de maio em Goiânia e nas cidades de Abadia de Goiás, Abadiânia, Alexânia, Anápolis, Aparecida de Goiânia, Aragoiânia, Bela Vista de Goiás, Bonfinópolis, Brazabrantes, Caldazinha, Campo Limpo de Goiás, Caturaí, Goianápolis, Goianira, Guapó, Hidrolândia, Inhumas, Itauçu, Leopoldo de Bulhões, Nerópolis, Nova Veneza, Ouro Verde de Goiás, Pirenópolis, Santa Bárbara de Goiás, Santo Antônio de Goiás, Senador Canedo, Teresópolis de Goiás e Trindade.

Fonte: jornal floripa

Municípios de MT ficam ilhados após fortes chuvas

Defesa Civil encaminha equipe para atender munícípios afetados na região do Araguaia
Uma das estradas de difícil acesso – Foto: reprodução

Com as fortes chuvas dos últimos dias a Defesa Civil do Estado de Mato Grosso enviou uma equipe para averiguar a situação nos municípios mais afetados na região do Araguaia. Eles devem ficar em média duas semanas atuando na região.

Cerca de 41 municípios no estado sofrem com alagamentos e atoleiros, muitos já procuraram a Secretaria Adjunta de Proteção e Defesa Civil do estado, tanto por ofício, quanto por telefone para informar a situação crítica.

De acordo com o gerente de articulação e comando da Defesa Civil, sargento Wagner Soares, “A intenção da Defesa Civil estadual é realizar um decreto regional, pegando toda a região do Araguaia, mas alguns municípios podem ter decretado situação de emergência em âmbito municipal, mas nós não fomos informados ainda, exceto o caso de Campo Novo do Parecis, que foi decretado, homologado pelo estado e foi reconhecido em âmbito federal, fora ele nem um outro, todos os 41 munícipios acionaram a Defesa Civil e informaram que estão passando por problemas”.

Com todo esse problema, cerca de 500.377 mil pessoas são afetadas nas regiões de: Água, Boa, Alto Araguaia, Alto da Boa Vista, Alto Garças, Alto Taquari, Araguaiana, Araguainha, Barra do Garças, Bom Jesus do Araguaia, Campinápolis, Campo Novo do Parecis, Canabrava do Norte, Canarana, Chapada dos Guimarães, Cocalinho, Colniza, Confresa, Gaúcha do Norte, General Carneiro, Luciara, Nova Nazaré, Nova Xavantina, Novo Santo Antônio, Novo São Joaquim, Ponte Branca, Pontal do Araguaia, Porto Alegre do Norte, Querência, Ribeirãozinho, Ribeirão Cascalheira, Rio Branco, , Salto do Céu, , Santo Antônio do Leverger, São Félix do Araguaia, Sapezal, Serra Nova Dourada, Torixoréu, Vila Rica. Já Santa Terezinha, Santa Cruz do Xingu e São José do Xingu são municípios que se encontram ilhados, já não se tem combustível e nem alimentação, por conta dos atoleiros, nada passa pelas estradas.

Apesar da situação crítica, o secretário-adjunto de Proteção e Defesa Civil, tenente coronel Abadio José da Cunha Junior, ressalta que não há motivos para pânico, mas que o Mato Grosso, está sob estado de alerta até o final deste mês de fevereiro para lugares com fortes chuvas, ou com chuvas que ultrapassem à 100 milímetros, podendo gerar um impacto nas vidas das pessoas que residem tanto em áreas urbanas, quanto em áreas rurais.
Lista dos municípios que pediram ajuda a Defesa Civil

Por Guilherme Silveira

MT- Mulheres são presas em flagrante após furto na Vila Rica

Pm prende suspeitas de furto no Bairro Vila Rica- Foto: Varlei Cordova/AGORAMT

Rafaela Souza de Oliveira, 24 anos e Karine Tayna Marques da Silva, 18 anos, foram presas em flagrante na tarde desta sexta-feira (17) após furtarem uma casa no bairro Vila Rica. Um menor de 17 anos também estava envolvido na ação, mas não foi localizado.

De acordo com o BO, uma denúncia via 190 foi repassada aos policiais que ao chegarem ao local encontraram as suspeitas saindo pelos fundos da casa com alguns materiais furtados.

Ao retornar a casa os policiais notaram que a porta estava arrombada e a vítima que já estava presente contou que um botijão de gás também tinha sido levado.

As suspeitas contaram que um menor também estava envolvido e deram o endereço dele, porém ele não foi encontrado.

O caso será investigado. Mulheres furta objetos em residencia no Vila Rica 

Foto: Varlei Cordova/AGORAMT Por Raiane Anicézio

MT- Magérrimo, Silval Barbosa é esquecido por Blairo Maggi

A última oitiva de Silval esta semana causou impacto pelo estado físico do ex-governador. Pálido, magérrimo e encurvado, a fotografia foi comparada com as últimas tiradas no exercício do governo e chocou a quem viu – independente do julgamento de mérito de culpa ou caráter. Dizem as fontes da Coluna que Silval vem fazendo ampla delação... Na mira, estaria o ex-parceiro político, que inclusive o tratava de “compadre” e pelo qual – segundo dizem – teve que fazer coisas que até o diabo duvida... Ninguém menos que Blairo Maggi, que nunca o visitou na prisão e nem sequer teria mandado qualquer lembrança. Vale aquele ditado: “Quem apanha nunca esquece...”.

Da Redação circuito-mt

MT - CONFRESA-Concurso público em Confresa - MT - 2017


Autorização foi publicada no Jornal Oficial Eletrônico dos Municípios do Estado de Mato Grosso

Dois suspeitos de assassinatos são presos em Vila Rica

Uma adolescente de 19 anos foi perfurada com canivetes em briga por namorado


Dois homens envolvidos com homicídio foram presos em flagrante pela Polícia Judiciária Civil em Vila Rica (1.259 km de Cuiabá) neste fim de semana. Um suspeito foi autuado por homicídio e outro responderá por tentativa de homicídio.

Na primeira ocorrência, sexta-feira (10), a Polícia Civil foi acionada após o corpo de um homem ser encontrado em rua deserta de Vila Rica, com uma perfuração na altura do peito esquerdo.

Nas investigações, os policiais identificaram J.R.A., 42, como autor do homicídio. Segundo apurado, o preso e a vítima haviam tido uma discussão na noite anterior, e logo depois ela foi encontrada morta.

Foi apreendido com ele um objeto perfurante de chifre de animal. Em análise, a médica legista do município constatou que a lesão provocada no corpo da vítima era compatível com objeto apreendido em poder do suspeito.

Diante dos indícios a Polícia Civil representou pela prisão temporária de J.R.A., 42, até a conclusão dos trabalhos da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec).

O segundo caso foi no domingo (12), durante um torneio de sinuca beneficente, a equipe da Delegacia de Polícia efetuou a prisão de um rapaz pelo crime de tentativa de homicídio. 

W.A.S. 19 anos, foi preso na companhia da menor J.S.S., 15 anos, após ambos tentarem matar outra jovem, C.P.M., 19 anos.

O crime aconteceu durante uma discussão motivada por ciúmes, em um bar. A adolescente de 15 anos desferiu golpes de canivete na região da barriga e braço da vítima, que também foi atingida por golpes de capacete efetuados pelo rapaz de 19 anos.

Após a agressão, C.P.M. foi socorrida com ferimentos graves, encaminhada a hospital de Vira Rica, onde passou por cirurgia. Já W.A.S. 19 anos e a menor J.S.S. 15 anos, foram detidos e conduzidos à Delegacia de Polícia. Em depoimento confessaram o crime.

Da Redação

CRONOGRAMA DE DESLIGAMENTO DA TV NO NORDESTE FICA MANTIDO

Depois da região metropolitana de SP, em 29 de março, terão as TVs analógicas desligadas as cidades de Goiânia, em 31 de maio; Salvador, Fortaleza, Juazeiro do Norte, Sobral, Recife e Belo Horizonte em 26 de julho.
Não só a Anatel não cedeu ao pleito das operadoras para o adiamento do desligamento da TV analógica em São Paulo – cujo cronograma fica mantido para o dia 29 de março – como também não aceitou que fossem adiadas as demais cidades do Nordeste cujo desligamento também está marcado para esse ano.

A manutenção do cronograma à risca tem sido uma bandeira da TV Record, que precisa o mair rapidamente possível se livrar dos seus canais analógicos, para poder negociar com as próprias teles – e operadoras de TV por assinatura – o seu pacote de canais abertos. Enquanto houver sinal analógico, as TVs são obrigadas por lei a oferecer os canais abertos gratuitamente. Somente quando elas se tornam inteiramente digitais é que podem negociar a venda de seu conteúdo com as operadoras de TV paga.

Assim, estão mantidas as datas dos próximos desligamentos previstos para este ano:
29/mar São Paulo – SP Arujá, Barueri, BiritibaMirim, Caieiras, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Diadema, Embu, Embu-Guaçu, Ferraz de Vasconcelos, Francisco Morato , Franco da Rocha, Guararema, Guarulhos, Ibiúna, Itapecerica da Serra, Itapevi, Itaquaquecetuba, Jandira, Mairiporã, Mauá, Mogi das Cruzes, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Poá, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, Salesópolis, Santa Isabel, Santana de Parnaíba, Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, São Lourenço da Serra, São Paulo, Suzano, Taboão da Serra e Vargem Grande Paulista.

31/mai Goiânia – GO Abadia de Goiás, Abadiânia, Alexânia, Anápolis, Aparecida de Goiânia, Aragoiânia, Bela Vista de Goiás, Bonfinópolis, Brazabrantes, Caldazinha, Campo Limpo de Goiás, Caturaí, Goianápolis, Goiânia, Goianira, Guapó, Hidrolândia, Inhumas , Itauçu, Leopoldo de Bulhões, Nerópolis, Nova Veneza, Ouro Verde de Goiás, Pirenópolis, Santa Bárbara de Goiás, Santo Antônio de Goiás, Senador Canedo, Terezópolis de Goiás e Trindade.

26/jul Salvador – BA Aratuípe, Cairu, Camaçari, Candeias, Dias D’Ávila, Itaparica, Jaguaripe, Lauro de Freitas, Madre de Deus, Maragogipe, Nazaré, Salinas da Margarida, Salvador, Santo Amaro, São Francisco do Conde, São Sebastião do Passé, Saubara, Simões Filho, Terra Nova e Vera Cruz.

Fortaleza – CE Aquiraz, Beberibe, Cascavel, Caucaia, Eusébio, Fortaleza, Guaiúba, Horizonte, Itaitinga, Maracanaú, Maranguape, Pacajus, Pacatuba, Pindoretama e São Gonçalo do Amarante.

Juazeiro do Norte – CE Barbalha, Caririaçu, Crato, Juazeiro do Norte e Missão Velha.
Sobral – CE Forquilha, Massapê, Santana do Acaraú e Sobral.

Belo Horizonte – MG Araçaí, Baldim, Belo Horizonte, Betim, Brumadinho, Cachoeira da Prata, Caeté, Capim Branco, Confins, Contagem, Esmeraldas, Florestal, Fortuna de Minas, Funilândia, Ibirité, Igarapé, Inhaúma, Itaúna, Jequitibá, Juatuba, Lagoa Santa, Mário Campos, Mateus Leme, Matozinhos, Nova Lima, Pedro Leopoldo, Prudente de Morais, Raposos, Ribeirão das Neves, Rio Acima, Sabará, Santa Luzia, São Joaquim de Bicas, São José da Lapa, São José da Varginha, Sarzedo, Sete Lagoas, Taquaraçu de Minas e Vespasiano.

Recife – PE Abreu e Lima, Ara- çoiaba, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Igarassu, Ilha de Itamaracá, Ipojuca, Itapissuma, Jaboatão dos Guararapes, Moreno, Olinda, Paulista, Recife e São Lourenço da Mata.

27/set Campinas – SP Aguaí, Águas da Prata, Águas de São Pedro, Alumínio, Americana, Amparo, Araçariguama, Araçoiaba da Serra, Araras, Artur Nogueira, Boituva, Cabreúva, Campinas, Campo Limpo Paulista, Capela do Alto, Capivari, Cerquilho, Charqueada, Conchal, Cordeirópolis, Cosmópolis, Elias Fausto, Engenheiro Coelho, Espírito Santo do Pinhal, Estiva Gerbi, Holambra, Hortolândia, Indaiatuba, Iperó, Ipeúna, Iracemápolis, Itapira, Itatiba, Itobi, Itu, Itupeva, Jaguariúna, Jarinu, Jumirim, Jundiaí, Leme, Limeira, Louveira, Mairinque, Mogi Guaçu, Mogi Mirim, Mombuca, Monte Mor, Nova Odessa, Paulínia, Pedreira, Piedade, Piracicaba, Pirassununga, Porto Feliz, Porto Ferreira, Rafard, Rio Claro, Rio das Pedras, Saltinho, Salto, Salto de Pirapora, Santa Bárbara D’Oeste, Santa Cruz da Conceição, Santa Gertrudes, Santa Maria da Serra, Santa Rita do Passa Quatro, Santo Antônio de Posse, São João da Boa Vista, São Pedro, São Roque, Serra Negra, Socorro, Sorocaba, Sumaré, Tambaú, Tapiraí, Tatuí, Tietê, Torrinha, Valinhos, Vargem Grande do Sul, Várzea Paulista, Vinhedo e Votorantim.

Franca – SP Aramina, Barretos, Batatais, Buritizal, Colina, Colômbia, Cristais Paulista, Franca, Guaíra, Guará, Igarapava, Ipuã, Itirapuã, Ituverava, Jaborandi, Jeriquara, Miguelópolis, Nuporanga, Patrocínio Paulista, Pedregulho, Restinga, Ribeirão Corrente, Rifaina, São Joaquim da Barra e São José da Bela Vista.

Ribeirão Preto – SP Altinópolis, Barrinha, Brodowski, Cravinhos, Jaboticabal, Jardinópolis, Luís Antônio, Morro Agudo, Orlândia, Pitangueiras, Pontal, Ribeirão Preto, Sales Oliveira, Santa Cruz da Esperança, Santo Antônio da Alegria, São Simão, Serra Azul, Serrana, Sertãozinho e Taquaral.

Santos – SP Bertioga, Cubatão, Guarujá, Itanhaém, Mongaguá, Peruíbe, Praia Grande, Santos e São Vicente.
Vale do paraíba – SP Aparecida, Atibaia, Bragança Paulista, Caçapava, Cachoeira Paulista, Campos do Jordão, Canas, Cruzeiro, Guaratinguetá, Igaratá, Jacareí, Lorena, Pindamonhangaba, Piquete, Potim, Roseira, São José dos Campos, Taubaté e Tremembé.

25/out Rio de Janeiro – RJ Belford Roxo, Duque de Caxias, Guapimirim, Itaboraí, Itaguaí, Japeri, Magé, Maricá, Mesquita, Nilópolis, Niterói, Nova Iguaçu, Petrópolis, Queimados, Rio de Janeiro, São Gonçalo, São João de Meriti, Seropédica e Tanguá.

Vitória – ES Cariacica, Fundão, Guarapari, Serra, Viana, Vila Velha e Vitória.


Fonte: Teleco.

As operadoras de celular tinham solicitado o adiamento do desligamento por pelo menos um ano em todas as praças previstas para o dia 26 de julho. Mas, como não houve consenso, o cronograma fica mantido.

Segundo o presidente da Seja Digital (empresa responsável pela distribuição dos kits para a população do Bolsa Família), Antonio Carlos Marteletto, as operadoras pediram o adiamento devido ao grande número de kits que precisarão ser distribuídos neste semestre, quando a empresa estima que a logística terá que ser estruturada para a distribuição de pelo menos um milhão de conversores por mês.

Memória Flash

O executivo afirmou que os fabricantes temem atraso na entrega dos conversores encomendados (mais de cinco milhões até setembro) porque registraram problemas com o único fornecedor da memória flash do produto. Os set top boxes são feitos sob medida, pois devem seguir as especificações do MCTIC.

Pesquisa

Na próxima reunião do Gired, em 28 de março, será conhecida a primeira pesquisa para a cidade de Goiânia e a pesquisa que irá confirmar (ou não) o desligamento da TV na região metropolitana de São Paulo.

Prefeitura de Confresa-MT tem autorização para abrir seletivo

Autorização foi publicada no Jornal Oficial Eletrônico dos Municípios do Estado de Mato Grosso

A prefeitura de Confresa, no estado de Mato Grosso, anunciou nesta terça-feira, 21, a autorização para abertura de processo seletivo. O dispositivo, Lei Nº 755/2017, autoriza 187 oportunidades. As contratações serão pelo prazo de vigência de até 01 (um) ano, podendo ser prorrogada por igual período, no interesse da administração.

Entre os cargos previstos, há vagas para Técnico em Segurança do Trabalho, Motorista de Transporte Escolar, Professor em diversas áreas, Agente de Serviços Gerais, Mecânico e Técnico em Enfermagem. A íntegra da lei apresenta o quadro completo de cargos e distribuição das vagas.

Lei - Processo Seletivo
https://diariomunicipal.org/mt/amm/publicacoes/247826/

16 de fev de 2017

Operação contra roubo de carga e receptação ocorre em seis estados

PF e PRF cumprem 84 ordens judiciais expedidas pela Justiça de Sergipe.
'Operação Canto da Sereia' acontece em AL, BA, GO, MT, SE e SP.

Uma operação contra roubo de carga e receptação foi realizada em seis estados na manhã desta sexta-feira (9) - Alagoas, Bahia, Goiás, Mato Grosso, São Paulo e Sergipe. Mais de 300 policiais tinham a missão de cumprir 84 ordens judiciais expedidas pela Justiça de Sergipe, sendo 28 mandados de prisão preventiva, 7 de prisão temporária e 49 de busca e apreensão nos seis estados. O prejuízo estimado pode passar dos R$ 15 milhões.

A operação terminou por volta das 10h com 28 pessoas presas, os demais mandados de prisão continuam abertos e os suspeitos já são considerados foragidos. Eles não foram encontrados nos endereços listados durante a investigação.

Entre os suspeitos, um foi flagrado aliciando caminhoneiros às margens da rodovia no município de Santo Amaro das Brotas (SE). Segundo a assessoria de comunicação da Polícia Rodoviária Federal (PRF), ele resistiu à prisão e atirou contra os policiais, que revidaram. O suspeito foi atingido e chegou a ser levado para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Os presos foram detidos em Sergipe, Bahia, São Paulo, Goiás e Mato Grosso. Madados de busca e apreensão foram cumpridos em Alagoas. A PRF informou ainda que dois veículos roubados foram recuperados e que também foram localizados dois caminhões com mercadorias roubadas como pneus e equipamentos eletrônicos, além de quatro armas de fogo e R$ 60 mil em espécie.

Os 84 mandados de prisão e de busca e apreensão eram destinados a suspeitos de Aracaju, Cristinápolis, Itabaianinha, Umbaúba, Boquim, Nossa Senhora do Socorro, Estância e Tobias Barreto em Sergipe. A ‘Operação Canto da Sereia’ também aconteceu em Euclides da Cunha e Caldas do Jorro (Bahia), Porto Calvo (Alagoas), Taubaté (São Paulo), Rondonópolis (Mato Grosso) e Aparecida de Goiânia (Goiás).


A polícia explicou ainda que após a negociação, o motorista registrava ocorrência policial como roubo em outro estado para dificultar a investigação. A organização criminosa oferecia a logística para transportar, esconder e repassar a carga roubada com receptadores que revendiam os produtos em estabelecimentos comerciais.De acordo com informações da Polícia Federal (PF) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF), os criminosos aliciavam motoristas para que entregassem cargas de interesse da quadrilha. A investigação apontou ainda que, em alguns casos, os próprios motoristas ofereciam as mercadorias aos aliciadores.

Os presos em Sergipe serão encaminhados para a sede da Polícia Federal em Aracaju para prestarem depoimento e depois serão encaminhados para o Complexo Penitenciário Doutor Manoel Carvalho Neto (Copemcan), em São Cristóvão.
Policiais federais fazem buscas (Foto: PRF/Divulgação)

Os autores do crime deverão ser indiciados pelos crimes de lavagem de dinheiro, corrupção ativa e passiva, fraude à licitação, falsa comunicação de crime e de formação de organização criminosa. As penas culminadas podem superar 700 anos de prisão.

O nome da operação foi escolhido em representação à lenda do canto da sereia, em referência ao aliciamento que é feito pela quadrilha aos motoristas de transporte de cargas. Eles ficariam encantados com a oferta criminosa.

A operação desta sexta-feira é um desdobramento da 'Operação Subida da Torre', ação conjunta da PF e PRF em dezembro de 2015. Desde então, os criminosos vinham agindo diferente e ao invés de utilizarem violência convenciam os motoristas a entregarem as mercadorias. A polícia identificou que, apesar da redução do roubo de cargas, desvios continuavam acontecendo nas BRs 101,116 e 316 nas divisas de Sergipe, Bahia, Alagoas e Pernambuco.

saiba mais

Campanha para desligamento da TV analógica foi lançada em Goiânia



Os moradores da Região Metropolitana de Goiânia (GO) estão cada vez mais perto de assistir apenas à TV digital. Para preparar a população, a campanha do desligamento do sinal analógico foi oficialmente lançada em encontro nesta quarta-feira, 15 de fevereiro, na capital goiana.

Com o desligamento do sinal analógico previsto para o dia 31 de maio, as emissoras de televisão de Goiânia e de outras 28 cidades já estão veiculando alertas, tarjas e cartelas em sua programação. As iniciativas atendem às determinações da Portaria 378/2016 do Ministério das Comunicações, que prevê inserções para alertar a população sobre a mudança que está por vir.

Para não ficar sem a programação de TV aberta, a população precisa se preparar, com a instalação de conversor e antenas digitais nos aparelhos de televisão. As TVs de tela fina fabricadas a partir de 2012 já possuem conversor integrado e precisam apenas da antena externa para sintonizar os canais digitais.

A data prevista para o desligamento do sinal analógico e a chegada da TV digital em Goiânia e 28 cidades da região metropolitana é 31 de maio deste ano.

Além de Goiânia, o sinal analógico vai ser desligado em outros 28 municípios do estado: Abadia de Goiás, Abadiânia, Alexânia, Anápolis, Aparecida de Goiânia, Aragoiânia, Bela Vista de Goiás, Bonfinópolis, Brazabrantes, Caldazinha, Campo Limpo de Goiás, Caturaí, Goianápolis, Goianira, Guapó, Hidrolândia, Inhumas, Itauçu, Leopoldo de Bulhões, Nerópolis, Nova Veneza, Ouro Verde de Goiás, Pirenópolis, Santa Bárbara de Goiás, Santo Antônio de Goiás, Senador Canedo, Teresópolis de Goiás e Trindade.

PF apura fraude de R$ 14,7 milhões em contrato do extinto Ministério da Pesca



A Polícia Federal (PF), o Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU) e o Ministério Público Federal em Goiás (MPF/GO) deflagraram hoje (15) operação para apurar fraude em licitações e desvio de recursos públicos em convênio firmado entre o extinto Ministério da Pesca e Aquicultura e o Município de Itauçu (GO). Os contratos foram feitos para a construção de uma fábrica de farinha e ração para peixes.

As investigações da Operação Betsaida tiveram início em 2015, a partir de representação feita ao MPF/GO por um grupo de vereadores de Itauçu, que relatou irregularidades na execução do convênio, no valor de R$14,7 milhões.

Desse montante fiscalizado pela CGU, foi identificado prejuízo já ocorrido de mais de R$ 1 milhão, um prejuízo potencial de R$ 536 mil e indícios de direcionamento e conluio entre empresas na licitação para compra dos equipamentos, além de estudo de viabilidade deficiente e a obra atrasada e paralisada.

Durante as investigações, descobriu-se ainda que irregularidades parecidas foram praticadas em projetos semelhantes em outros estados, tendo em comum os convênios do Ministério da Pesca e a empresa contratada para fornecer os equipamentos, embora cada município tivesse feito sua própria licitação. Segundo o MPF/GO, foi identificada atuação recorrente de servidores do extinto Ministério da Pesca.

Aproximadamente 60 policiais federais e 11 auditores da CGU cumprem 26 ordens judiciais, sendo 12 mandados de condução coercitiva e 14 de busca e apreensão. As diligências ocorrem nas cidades de Goiânia, Aparecida de Goiânia, Itauçu e Abadia de Goiás, em Goiás; Joaquim Távora e Pinhalão, no Paraná; em Campo Erê, Santa Catarina; e no Distrito Federal.

Por recomendação do MPF/GO, e para evitar prejuízos ainda maiores, novos desembolsos para a obra foram suspensos, até que a prefeitura de Itauçu e o governo federal apresentem estudos que demonstrem a viabilidade econômica do projeto, que, para o MPF, é superdimensionado ao ponto de ter capacidade de processar quantidade de peixes muito superior a toda a produção de Goiás.

O nome da operação é uma referência à cidade de Betsaida, historicamente localizada ao norte do Mar da Galileia, onde, segundo o Evangelho, Jesus Cristo fez o milagre da multiplicação dos peixes.

Por Andreia Verdélio – da Agência Brasil

Sob orientação de Marconi, UEG inaugura Laboratório de Biotecnologia em Reprodução Animal


marconi mais bate papo

Com a nova orientação dada pelo governador Marconi Perillo (PSDB) para que a Universidade Estadual de Goiás (UEG) invista em cursos e ações voltados para fortalecer as características econômicas específicas, as peculiaridades e aptidões de cada região, o Campus São Luís de Montes Belos, inaugurará nesta quinta-feira (16), o Centro Laboratório de Biotecnologia em Reprodução Animal (Biotec). Com investimento de R$ 2 milhões, em estrutura, equipamentos e material, o Biotec foi construído pela UEG, em parceria com Secretaria Estadual de Desenvolvimento (SED) e o Arranjo Produtivo Local (APL) Lacteo, da microrregião de São Luís de Montes Belos.

O novo laboratório vai realizar coleta, processamento e avaliações de sêmen de ovinos, bovinos e equinos, e atuar como instrumento de pesquisa, ensino e extensão da UEG na formação e capacitação de recursos humanos técnicos. O laboratório também vai atender os produtores de todo o Estado, em especial da microrregião do Vale do Araguaia.

Com as análises do Biotec será possível melhorar a taxa de fertilidade dos três rebanhos, propiciando animais de melhor qualidade genética, por meio da inseminação artificial e da produção in vitro de embriões.
Altos valores

O Bioec também vai produzir embriões in vitro, que serão oferecidos a custo subsidiado aos pequenos produtores, que hoje não têm condições de arcar com os altos valores. “Trata-se de uma tecnologia ainda não muito difundida para os pequenos produtores rurais”, observa o coordenador do laboratório, Klayto José Gonçalves dos Santos, que também é professor do curso de Medicina Veterinária e Zootecnia da UEG. Para se ter uma ideia, uma prenhez de embrião hoje pode custar entre 600 reais e 1.000 reais.

Dessa forma, o laboratório facilitará o acesso desses pequenos produtores a embriões com genética superior. Consequentemente, produzirá animais adaptados e mais produtivos, tanto de corte quanto de leite.

Com o Biotec, a Universidade cumpre com seu papel de fomentador do desenvolvimento tecnológico, econômico e social, dentro das premissas de inovação tecnológica do Governo de Goiás, em programas como o Goiás Mais Competitivo e Goiás Inovador.

Marconi acompanha cerimônia de sanção da lei do Novo Ensino Médio

Em Brasília, no Palácio do Planalto, o governador Marconi Perillo ao lado do governador do Tocantins, Marcelo Miranda (PMDB) acompanharam nesta quinta-feira (16) a cerimônia de sanção da lei do Novo Ensino Médio.
De acordo com a proposta do governo federal, o principal objetivo da medida é tornar o currículo atual mais flexível, além de melhorar a gestão e valorizar a formação de professores.
Reunião

O governador foi recebido pelo ministro da Educação, Mendonça Filho, para discutir sobre o plano de medidas de fortalecimento do Ensino Público Infantil em Goiás. A proposta de Marconi é realizar parcerias para a construção de creches e reduzir o déficit de vagas nas unidades destinadas às crianças.

A secretária de Estado da Educação, Cultura e Esporte (Seduce), Raquel Teixeira, senador Wilder Morais (PP), prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (PMDB), prefeito de Águas Lindas, Hildo do Candango (PSDB), prefeita de Novo Gama, Sônia Chaves (PSDB) e o vice-prefeito de Anápolis, Márcio Cândido (PSD) também participam da reunião que acontece na Esplanada dos Ministérios.

Marconi e prefeitos vão à Brasília em busca de verbas para CMEIs


Governador e secretária de Educação estiveram
reunidos nesta quinta-feira (16) com o ministro Mendonça Filho

O governador Marconi Perillo (PSDB), a secretária de Educação Raquel Teixeira e os prefeitos dos dez maiores municípios goianos ou seus representantes se reuniram na tarde desta quinta-feira (16/2) com o ministro da Educação Mendonça Filho, na sede do Ministério da Educação, em Brasília, em busca de ajuda para o custeio de CMEIs em atividades nessas cidades.

O encontro é o desdobramento da reunião que o governador teve com os prefeitos no último dia 2, quando foram debatidas medidas de fortalecimento do Ensino Público Infantil por meio do Programa Goiás Mais Competitivo e Inovador (GMCI).

À época, Marconi anunciou sua proposta de realizar parcerias para a construção de creches e reduzir o déficit de vagas nas unidades destinadas às crianças e trabalhar para conseguir verbas federais para ajudar no custeio das unidades de atendimento.

Denominado Aliança Municipal pela Competitividade, a articulação lançada em Goiânia visa aumentar a oferta de vagas em creches municipais, construir novas unidades, reduzir desperdícios e cuidar da manutenção diária dos prédios onde as escolas municipais estão instaladas.

Após a reunião em Brasília, a secretária da Educação contou que o ministro se dispôs a financiar um Seminário Internacional e algumas publicações que a pasta precisa fazer. Sobre a demanda da Educação Infantil, Raquel informou que o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação já está analisando caso a caso os gargalos de infraestrutura, de custeio e pedagógicos nos Estados.

“O que queremos é dar um impulso para que Goiás possa melhorar substancialmente a sua posição em relação à educação infantil. A desigualdade no Brasil se estabelece ali, quando crianças de famílias ricas têm acesso a uma educação infantil de qualidade e que vão sendo construídas habilidades e competências que criam uma desigualdade muito grande”, analisou Raquel.

A secretária também adiantou que estão sendo estudadas parcerias com a iniciativa privada para a compra de vagas em creches particulares nos moldes das existentes em Brasília. “Esse é um caminho apontado. Vamos agora discutir com os prefeitos diferentes formas de gestão”, salientou.

Prefeitos
Presente à reunião, a prefeita Sônia Chaves de Novo Gama afirmou que a maior dificuldade dos prefeitos não é a construção dos CMEIs e, sim, a sua manutenção. “Saímos daqui com a convicção de que seremos ajudados. Todos os municípios passam por grandes dificuldades. A manutenção dos CMEIs requer alto grau de investimento das prefeituras”, disse.

O prefeito de Aparecida de Goiânia, que também acompanhou o governador na audiência com o ministro, concorda com sua colega do Entorno. “Todos nós entendemos que a construção é uma parte importante, mas o custeio dos CMEIs é muito complicado, dispendioso. Acredito que após essa reunião chegaremos a uma solução que beneficie os municípios”.

O governador Marconi Perillo disse que o Estado também quer recursos para a construção de creches e não só para a manutenção das unidades já existentes. “Nós temos um déficit de CMEIs. A construção das unidades é de responsabilidade dos prefeitos. Mas o governo do Estado está ajudando as prefeituras. Estamos ajudando não só para a construção mas para a contratação de professores e custeio”, anunciou.

Marconi disse que continuará trabalhando com o intuito de conquistar recursos federais para investir na educação em Goiás. “Se quisermos uma boa educação para o País temos de investir na pré-escola e na criança. Portanto, apesar de não ser de nossa responsabilidade, nós estamos colaborando para buscar a redução significativa desse déficit”, disse.